A alimentação para o teu pré-treino

Nutrientes presentes nos alimentos são combustíveis para o corpo humano. Quando há pouco combustível ou de má qualidade, o corpo responde com indisposição ou fadiga precoce. Como você está preparando teu corpo para o treino?


Nutrição como combustível do treino

Da mesma forma que uma alimentação pouco nutritiva pode prejudicar ou atrasar o desenvolvimento de objetivos, a boa nutrição, uma dieta que atenda às demandas nutricionais proporciona bom rendimento físico e otimiza resultados de performance e, consequentemente, estéticos.


A rotina alimentar saudável, de uma forma geral, é mais importante se comparada a momentos isolados. Pouco adianta ter uma refeição pré-treino "perfeita" se você consome açúcar e gordura em excesso nas demais refeições, faz restrições desnecessárias (como ingerir pouco carboidrato, por exemplo) ou não mantém uma adequada ingestão diária de proteínas. O cuidado com o conjunto é essencial; faça boas escolhas na maior parte do tempo.


O que comer no pré-treino?

A alimentação que antecede o treino deve conter alimentos fonte de carboidratos (tais como a banana, o pão ou a batata doce, por exemplo) e, a depender do situação, alimentos fonte de proteína de fácil digestão (como cottage, ovo e atum). Refeições com grandes quantidades de fibras (como salada no pote e tigela com iogurte e mix de sementes, por exemplo) e gorduras (como frituras, folhados e carnes gordurosas) não são recomendadas. Por exigirem mais da digestão, podem deixar o corpo mais lento ou provocar desconfortos intestinais.


Algumas sugestões para o teu pré-treino:

  • De 15 a 30 minutos antes: banana, mariola (sem açúcar e adoçantes artificiais), tâmara jumbo;

  • Até 1h antes: banana amassada com proteína em pó, pão integral com cottage, iogurte natural com pouca gordura, aveia e mel;

  • De 2h a 3h antes: verduras e legumes refogados, arroz integral e peito de frango grelhado; macarrão integral com molho de tomate e atum e suco verde; omelete de brócolis e ricota e salada de frutas com granola sem açúcar.

Estas são ideias, sugestões de alimentos para esse momento pre-treino. A refeição deve ser planejada considerando horários, as preferências e o nível de treinamento de cada paciente. Sempre vale lembrar: quantidades são individuais!


Para um plano alimentar estratégico e assertivo, sempre consulte uma nutricionista.


#VemPraFORTEM #FORTEMComVC #DietaVegana #Nutrição #ComidaDeVerdade

35 visualizações0 comentário